VOCÊ SABIA QUE MUDARAM AS REGRAS PARA FISCALIZAÇÃO DA NR – 12?

Empresas terão prazo para adequarem máquinas e equipamentos antes de serem autuados. Uma mudança publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (12), pelo Ministério do Trabalho, estabelece novas regras para a fiscalização da Norma Regulamentadora NR 12. Os auditores fiscais do trabalho continuarão inspecionando as empresas para conferir se a segurança das máquinas e equipamentos que a NR 12 estabelece está sendo observada. Porém, darão prazo para os empresários se adequarem, antes de emitir autos de infração e multas. A alteração visa atender ao interesse de proteção da saúde e segurança dos trabalhadores, além de conciliar com as empresas que têm a verdadeira intenção de regularização, dando a elas a oportunidade de adequação. Ao mesmo tempo, essa mudança estabelece aos auditores fiscais uma maior autonomia durante as fiscalizações. “O objetivo maior é…
Read More

VOCÊ SABIA QUE MEMBRO DA CIPA TAMBÉM RESPONDE JURIDICAMENTE EM CASO DE ACIDENTE?

A CIPA, Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, é velha conhecida dos trabalhadores brasileiros. Surgiu em 1921, com uma recomendação da OIT ( Organização Internacional do Trabalho) e Foi criada no Brasil em 1944 por Ato do Presidente Getúlio Vargas. Ao longo desses 60 anos muitas coisas mudaram no Brasil, porem a estrutura de funcionamento da CIPA quase nada mudou. Estrutura fundamental: Que os Cipeiros eleitos trabalhem em conjunto e de forma organizada em torno dos principais objetivos; Que façam um planejamento de trabalho, para cada período de gestão, pois ele é muito curto e se não tiverem organização de trabalho não se obtém as melhorias desejadas; Que os Cipeiros vão as reuniões bem preparados, com clareza dos problemas que serão discutidos, organizar uma pautas para as reinvindicações e discutir…
Read More

QUAIS OS SETORES MAIS FISCALIZADOS EM 2016?

O setor da construção civil lidera e é onde temos a maior incidência de fiscalizações e notificações, conforme estatística do Ministério do Trabalho realizado em 2016, isso é um dado alarmante, e podemos concluir que a segurança do trabalho no Brasil não está sendo observado com a devida proporção. Entre as irregularidades mais registradas nos relatórios de inspeção estão a não realização de exames médicos admissionais e periódicos, inexistência ou ineficácia dos programas de saúde ocupacional e de prevenção de riscos, falta de proteção coletiva adequada contra quedas em obras e não exigência, por parte do empregador, da utilização de equipamento de proteção individual (EPI). A Gestão de saúde e segurança do trabalho que a Tríade propõe em realizar, vem ao encontro da prevenção e redução desses indicadores, com equipe…
Read More

QUAIS OS RISCOS A SAÚDE DO TRABALHADOR E QUAIS OS AGENTES CAUSADORES?

Riscos de Acidentes: Qualquer fator que coloque o trabalhador em situação vulnerável e possa afetar sua integridade e seu bem-estar físico e psíquico. São exemplos de risco de acidentes: maquinas e equipamentos sem proteções, probabilidade de incêndio e explosão, arranjo físico inadequado, armazenamento inadequado entre outros; Risco Ergonômico: Qualquer fator que possa interferir nas características psicofisiologicas do trabalhador, causando desconforto ou afetando sua saúde. São exemplos de risco ergonômico: levantamento de peso, ritmo de trabalho excessivo, monotonia, repetitividade, postura inadequada...; Risco Físico: Consideram-se agentes de risco físico as diversas formas de energia a que possam estar expostos os trabalhadores, tais como : ruído, calor, frio, pressão, umidade, radiações ionizantes e não-ionizantes, vibração, etc.... Risco Químico: Consideram-se agentes de risco químico as substancias, compostos ou produtos que possam penetrar no organismo…
Read More